sábado, 10 de janeiro de 2009

Way Home...





Procuramos aquele horizonte,
que é de todos mas é nosso.
Esse em que não me amedronte,
este que é meu e não vosso.

Aquele que é meu e não vosso,
onde sozinho vos consigo ver.
Passo horas no meu a escrever,
sobre este que não meu,nosso!

Limitado

5 comentários:

Anônimo disse...

Foi este pôr de sol que deu cabo dos castelhanos...
Com os nossos olhos protegidos pela PÁ (RayBan nacional) da Senhora Dona Brites (proprietária da Padaria local), foi um fartar vilanagem: Aljubarrota já canta! Gritaram os jovenzitos da Ala dos Namorados, banda musical muito em voga na época... etc. etc.

Zinzim disse...

LINDO

Telma disse...

sabe sempre melhor qd o vimos desta direcção....nós sabemos qual é...

Ritão disse...

Lisboa à vista... Que delícia!!!

Anônimo disse...

Procuramos aquele horizonte,
que é de todos mas é nosso.
Esse em que não me amedronte,
este que é meu e não vosso.

Aquele que é meu e não vosso,
onde sozinho vos consigo ver.
Passo horas no meu a escrever,
sobre este que não meu,nosso!

Limitado